11 de jun de 2009

Tortura da Ciência, paradoxo de cura e destruição part.1

Com o apogeu da revolução industrial, e as grandes descobertas, a ciência ganhou patamares extremamente importantes na vida das pessoas, e todos os conceitos e fenómenos que possam ser encontrar na vida. A principio, a ciência caminhava junta com a religião que só apenas queria esclarecer e buscar a "verdade"( os primeiros cientistas eram assim, ou a maior parte deles). A busca inesgotável do conhecimento e a duvida constante são a base para um bom cientista.

Com o passar dos tempos as coisas vão mudando, e de certa forma não muito agradável e contraditória em vários pontos. Se fossemos defini-la como um ser humano seria +/- assim: Uma criança pura, vira um adolescente cheio de ideais e sonhos e com boas intenções. Com enormes descobertas e aclamação desarcebada de muitos sobre suas virtudes, ela própria se cega e se torna altamente egocêntrica virando um adulto manipulador e dominador, que ao mesmo tempo que pode curar, pode destruir, achando-se igual a Deus. Não defendo religião e muito menos discutirei isso aqui, mas é algo notável, o homem busca incessantemente ser maior que um ser superior e divino, para provar sua grandiosidade e autonomia perante tudo que existe, isso é fato.

Em nosso dia a dia, vivemos constantemente a base da ciência, de seus remédios, de seus métodos, de seu jeito de ver o mundo, em meu ponto vista acho que melhoramos bastante, mas de certa maneira está havendo uma regreção,vivendo assim um paradoxo de proporções apocalípticas. Destruimos todo o nosso eco-sistema, matamos tantos animais em pro da humanidade, sacrificamos tantos por milhares, e ate deixamos muitos entregue as traças, vivendo condições deploráveis que, não entendo muito bem o que chamamos de progresso. Em quantos nós vivemos de maneira abundante, com muitas escolhas e materiais a nossa disposição, animais são mortos, árvores são derrubadas, e milhares de pessoas morrem na África de fome(e de AIDS).

Deadlock- Martyr to Science (tradução)

Parabéns meus amigos,
você tem a chance de se tornar uma tortura da ciência
Um homem faminto não tem consciência
E eu morro de fome para salvar a humanidade
Não é a luxúria para matar ou tortura
Mas o que vale é a sua vida, em comparação com os milhões

Engula essas pílulas,
Me coloque na fama
Até você conhecer o seu fim

Esse é um pequeno passo para você,
mas pode se tornar um salto para a humanidade
E quem se importa com alguns erros mortos
no seu próprio planeta de veneno podre

Uma vez não impressionante
Não tenha medo
Eu irei te dar um sentido a sua vida

Tome as injecções, tortura da ciência
Seja uma parte da progresso, tortura da ciência
Enquanto o tumor é derrotado, você se sente o único
Sua morte é nosso futuro, estamos reiventando a roda

O seu pequeno cérebro pode simplesmente não compreender
Que tudo isso é negócio e nada de compaixão
Imunizações já curam gerações
Então saia de sua gaiola, é tempo de tomar o último choque fatal

A humanidade precisa de dinheiro, investigando e controlando
E todos os não-seres humanos desempenham um papel menor
Transmitindo a nossa linda doença a seres inocentes
Vendo eles sofrendo é a pior idéia que se pode ter
Mas talvez perversão é a única cura para a nossa pragas

(Adeus meus amigos
vocês fizeram disso uma tortura da ciência)


Nenhum comentário:

AddThis