10 de mar de 2010

Apenas faz parte do jogo

Andando por ai em um sábado qualquer com os seus amigos, vocês resolvem ir ao shopping, ou quem sabe até uma festazinha. Em relação a festa, vocês não sabem ao certo para onde ir, já que sempre essas coisas, na maioria das vezes, se resolvem na ultima hora. Após varias discurções, de maioria simplismente de enrolação , vocês resolvem ir para uma festa...bem digamos que realmente resolveram ir para uma danceteria.

Marcaram, se arrumaram, esperaram os atrasados e foram de ónibus já que você, é você mesmo, não criou vergonha na cara e passou na prova do Detran u.u. Muitas conversas, expectativas e o mesmo pensamento masculino reinando, vou "ficar" com alguém hoje?. Todos muito animados e risonhos, contando piadas e falando besteira, afinal de contas, está entre amigos é praticamente ri da vida( nada de apologia a propaganda de cerveja).

Chegando lá, você como sempre é barrado._., já que o mundo todo diz que você não tem a idade que realmente tem. Senti-se um bufão nessas horas e quase que comum, já que sempre seus amigos riem porque realmente, não tem como não ri.

Conseguindo provar sua legitimidade, todos entraram, se acomodaram e ficaram observando e curtindo o ambiente. Então lá está você, mirando aquela garota expecifica, que aparentemente olhou pra você na mesma hora, mas antes que perceba, ela havia lhe olhado a muito tempo, apenas ela é um pouco mais esperta que você. E o jogo vai começar.

Troca de olhares, o primeiro contato, a musica ambiente totalmente propicia para lhe da auto confiança. Como um bom cara pensativo, oque você fez? é pensou. e ficou a analisando como se fosse uma presa, pronta para ser fisgada, só que, você não sabe se ela realmente quer. Sem pensar muito você foi, chegou nela, disse um oi sem graça, que foi totalmente reciproco. Foi no momento que não soube oque dizer e ela começou a ri e foi embora, sorte sua que era apenas uma hipoteze do seu inconsciente.

Você bebe um pouco, pra tentar se senti auto afirmado (cultura...), conversa com seus amigos sobre ela, olhando diretamente para mesma com um sorrisinho meio sacana, você comenta que vai tentar, os amigos como sempre falam: Vai logo rapaz!

Coração palpitante, meio ofegante, agora sem uma mera projeção de sua mente, o ato realmente acontece. Chegando cada vez mais próximo, oque não se havia pensado acontece, outro foi mais rápido que você, com apenas um oi e um beijo direto ganhou a mina que você queria. Você volta com uma cara de tacho, e continua com seus amigos como se nada tivesse acontecido, então do nada uma corajosa lhe puxa e lhe mete um beijo, e vai embora.

...e assim continua a noite...

Resto do Post

Nenhum comentário:

AddThis