14 de dez de 2011

Quero você de volta. Memorias embutidas numa caixinha invisivel


Nós somos tão lindos juntos, que eu poderia congelar esse momento para sempre na minha vida. Seu sorriso, sua cara de envergonhada, a sua voz, ah a sua voz, nunca me esquecerei desses momentos. Lembro de cada detalhe, daquela vida que pensei jamais ter algum dia, de encontrar alguém assim como você. Tantas noites passando com você, a dedicação e o esforço eram minhas motivações maiores, já que o objetivo foi sempre está perto de quem alegra seu coração.
Mas as coisas parecem diferentes, não sei o que é, acho que são as palavras, as atitudes, o que aconteceu? Cada dia parece que estamos nos distanciando, e brigas estão se tornando constantes. Socos infinitos parecem sempre vim em direção a esse coração, que uma vez abriu mão de seu orgulho pra se dedicar a um outro alguém, suspiros me vêem todo dia, pensamentos deliberados me assombram e o sinal da perda vem como uma paranóia incontável de sentimentos cada vez mais perturbadores, eu não quero te perder. Lutei tanto para está com você e logo no “fim” as coisas parecem diferentes, onde está aquela ligação tão forte?

Não sinto mais a felicidade de um bom dia, das mensagens que um dia eu não cheguei a gosta, mas que mudaram meus meses de uma forma que você não tem idéia. As palavras soam diferentes, como se fosse mais um amigo, ou alguém próximo, isso é até bom, mas e o sentimento daquela tão doce ligação? Não sei, andamos brigando muito ultimamente, por pequenas coisas, e algumas delas são minha culpa. Acho que te cobrei demais ou algo do tipo, ou soei exagerado, pode ser, na verdade eu já não mais sei, eu só sei, que sinto que você está ficando distante de mim, nas pequenas coisas, nos pequenos gestos, e isso me desespera, isso me desmotiva.

Aquele sentimento bom sabe? Aquele de que a pessoa está com você a todo instante, não só nas palavras, mas nos sentimentos, onde dividimos nossos anseios e tristezas, momentos da vida, pequenos e importantes, onde nos sentimos juntos.

Pode parecer meio exagerado, talvez, mas creio que não, nunca impliquei com coisas tão pequenas só por implicar, não gosto de brigar e te fazer sofrer, mas eu sinto que você aos poucos está se tornando alguém que não está caminhando junto a mim, forte não? É eu sei, mas talvez isso nem aconteça, mas o medo de acontecer é grande. Sim medo, sinto as vezes, não sou tão perfeito ou seguro ao ponto de não senti-lo e se sinto é por que me importo com você e vejo que as coisas não andam bem.

Tenho tantas coisas guardadas em minha mente que dizê-las todas de uma vez não farão sentido algum, alias, algo bate forte na minha cabeça e sussurra desesperadamente, volte a ser o que era antes, aquela que eu amei enloquecidamente, aquela que tirava meu sono todos os dias de felicidade e alegria, mesmo passando por problemas ou adversidades da vida, sinto falta mais uma vez, de você, não pelo tempo, mas sim unicamente de você, daquela que adivinhava o que acontecia comigo, aquela que me acordava para ir a aula, aquela que fazia todos os meus dias de luta e esforço valerem a pena, pela segunda vez, sinto falta daquela que um dia eu conheci, daquela que eu chamo todos os dias sem me cansar, do amor da minha vida, antes que em algum futuro, isso seja tarde demais. Eu só quero você de volta, original e autentica... eu só quero você de volta.

Nenhum comentário:

AddThis