4 de jul de 2009

A Guerra e a vida de Michael Jackson

Opa! voltei xD!

E falando bem rapidamente, todos sabem que Michael Jackson morreu, suas músicas estão sendo novamente tocadas e todos os lugares e em todas as partes, fãs aparecem aos montes, é como se o reino do " rei do pop" estivesse cido alavancado após a sua morte. Odeio essa ideia de só da valor a alguém ou a uma pessoa após a sua morte, ou depois de perde-la. É ele foi um ícone, uma grande pessoa.

Escrever um pouco sobre ele me fez lembrar coisas em paralelo que a principio não tem nenhuma ligação aparente, a guerra e seus " heróis" anónimos. Como Michael Jackson foi, eles são aclamados dês do começo de sua carreira como os defensores de uma nação, se tornaram marginalizados e repugnados pelo seu povo por cometerem atrocidades e coisas babaras, e quando morrem são aclamados como verdadeiros símbolos de conduta e coragem, irónico e triste não?

Sentir que estão indo em uma direção que não tem volta, saber que dai em diante será muito trabalho duro, criticas, méritos e "escândalos". Como assim "escândalos"? Simples.

Pessoas em guerras são levadas a fazerem coisas, que vão contra muitos dos seus princípios como: Matar crianças, mães e pais de família, matar alguém por força do comando, ou simplesmente matar para não morrer. Regras de Guerra imutáveis. Guerras vangloriam um povo, isso era o que costumava a acontecer no passado. Pensando bem, não vejo gloria na aniquilação de outro, independente das circustâncias. Sentir na pele que poderia ser o seu filho ou sua família naquela situações devem lhe atormentar pelo resto da sua vida, sem falar nas torturas e mutilações.

Michael Jackson foi acusado muitas vezes de pedofilia, de abusar de menores, coisas que nunca realmente foram comprovadas. Sua vida foi marcada de muito prestigio e escândalos, ate pudera, ele era um homem rico e famoso, vivendo em um pais com o espírito capitalista mais aflorado que qualquer nação, quem não adoraria tirar um proveito da tal "inocência" do rei do pop e ganhar muito dinheiro?.

Como nas guerras, ele teve traumas que levou para o resto de sua vida. Ele tinha gloria, tinha fama, mas não tinha paz.

Michael e a Guerra seria uma comparação até essentrica demais eu suponho, mas em minha humilde observação, aconteceu com ele oque acontece com muitos combatentes. Só se torna um herói após ser massacrado, e sugado até a alma pela seu pais, coisas que seus fãs o fizeram até o fim de sua vida. Muitos que um dia acusaram e zombaram dele, após a morte dizem que foi um homem bom, o mesmo de um povoque presta honras a um soldado. Que descanse em Paz.


Resto do Post

3 comentários:

ge disse...

meu jackson dá trabalho até pra morrer, coitadin '-' heuauhea
mas eu atoron o perigon dele :B

"Michael Jackson foi acusado muitas vezes de pedofilia"
povo querendo extorquir o meu jackson ¬¬

Laah Hyses disse...

ate que enfim alguem com a mesma opiniao que eu , agora que ele ta morot todo mundo ama ela e entes ele era tudo de ruim !
u.u

Anônimo disse...

Quando o Michael estava vivo seu título de "rei do pop" foi substituido pelo o "comedor de criancinhas". Agora, com a sua morte ele voltou a ser o rei do pop, o humanitario, o gênio musical, o dançarino... infinitas qualidades que infelizmente só são enfatizadas após a morte.
Isso tudo é mais uma prova da hipocrisia social e humana. Na qual, escândalos, mentiras e acuações vendem e rendem mais.
Peter Pan, Neverland, a criança que não queria torna-se adulto, ou o adulto que nunca deixou de ser criança. Obra de James Matthew Barrie, q descreve muito bem Michael jackson, onde tentar tornar realidade essa ficção o tornou esquisito e excêntrico perante os olhos da sociedade. Verdadeira inocência que a sociedade não permite e não admite. Mas finalmente ele pode descansar em paz agora!

Ass: Fenrir

AddThis