2 de set de 2011

Saudade

Saudade é um sentimento que não existe no inglês, pelo menos não como palavra. Saudade é aquilo que se sente quando o coração aperta, quando a necessidade de ter algo ou alguém próximo a você se torna intenso. Saudade, bate no peito, permeia a cabeça, aflige o coração, fere a alma, essa alma que pra sempre vai se lembrar, lembrar daquilo que foi bom para ela.

Olhar para algum lugar, até então comum, e ver o rosto daquele que você queria tão bem, ou antes mesmo de saber que era realmente especial, passar entre você como um flash de memórias guardadas dentro si, que você nunca ousou demonstrar,ou simplesmente, não quis pensar, para quem sabe, desvincular essa dor.

Saudade de não poder ter vivido o suficiente naquele momento, já que você só se dá conta um tempo depois. Saudade daquele que se foi, saudade daquele que se ama, saudade do momento em que a pessoa esteve vivo junto a você.

Saudade de quem nunca se viu, mas que o sentimento perpassa toda essa barreira, já que, o importante é sentir que se tem o amor e o carinho de quem você quer tão bem.

Saudades, saudade, sentir falta, tudo relacionado, tudo separado. Ausência do ser. Saudade da pessoa que está presente, só pelo simples conhecimento de que, uma hora, ela irá partir. Saudade antecipada, Saudade do amor querido, ou somente Saudade.

Saudade específica, aquela que você sente vontade de dizer ao mundo e principalmente a aquela pessoa, tudo o que for capaz de expressar naquele momento. Como agora:

Não está com você, é sentir a dor sem ser machucado, e viver sem está realizado. Não está ao seu lado no momento que você mais precisar, por que infelizmente eu estou longe, mas logo vou está perto. Vontade de ter poderes para que eu pudesse resolver todos os seus problemas, te ajudar em todas as dificuldades, fazer você levantar quando fosse cair. Me desculpe por todos os meus erros, inocentes e até conscientes, eu apenas tive medo de te perder. Lagrimas correm dentro da minha alma, que não permitem que venham para fora do corpo, por que elas são especiais demais para serem jorradas em vão, lagrimas que a alma guarda como forma de preservar e fortificar o sentimento por você. Você faz falta e como faz. Não te beijar, não te tocar, não sentir seu cheiro, não ouvir sua voz, mas sentir que você me ama, faz a inquietude aumentar, mas não fraquejar. Saudades de demonstrar meu amor, saudades de está com você, no fim eu sempre sinto saudades de você”


Nenhum comentário:

AddThis