4 de ago de 2011

Voltando.. Fase da crise dos 3 anos

Voltando depois de dois longos e proveitosos meses de férias, acabando de retornar as aulas, que por sinal é o motivo desse post, então segue o texto:

Conversei com uma amiga na faculdade, discutindo algo relacionado sobre uma tal de crise dos 20 anos que ela estava naquele momento passando. Se sentia triste, por que se imaginava ( quando era mais nova ) ter pelo menos um emprego, algum tipo de independência e ser “adulta”. Claro que tudo isso tinha um ponto mais em tom de descontração do que de uma realidade de fato, mas como todos nós sabemos, níveis de brincadeiras sempre querem dizer um pouco de verdade, e de fato, trazia uma. Engraçado por que eu também senti isso quando completei meus 20 anos, a quase 1 ano atrás xD( nossa como o tempo passa rápido), ela esperava ter algo durante esse período e no caso não conseguiu nada em meio esse tempo, nada no sentido do que ela realmente pensava em ter quando era mais nova, e eu também passei por isso. Acredito que muitas pessoas passam também, outros amigos meus também passaram, mas o interessante não é essa crise que me instigou a criar o post como o próprio nome já diz, mas sim a tal crise dos 3 anos.

Aproveitando o contexto, essa crise implicou em me questionar se é realmente esse o caminho que desejo pra minha vida, a repensar todas as minhas ações que eu tinha como certas e seguras, e ver até que ponto tudo isso vale a pena. Sim penso em sair da psicologia.

Relação com escolha errada, acho que não cabe com esse motivo, mas sim uma crise, um momento que me peguei pensando e vi, será que é realmente isso?

Levei tempo pra entender, se de fato, era isso mesmo que estava acontecendo, e sim, está. Pensar na satisfação, tempo investido, e outras coisas de mesma relevância é algo que está em constância durante esse tempo. Gosto da minha escolha enquanto atitude, que foi o que eu realmente quis naquele determinado momento da minha vida, não me arrependi, e não me castigo por isso. Estudar, pelo menos agora, esta me parecendo meio insuficiente, tem que ter algo a mais, não só de ideais vive um homem. Em um momento assim, você se sente confuso, perdido, e pensa que passou muito tempo em uma coisa que aparentemente não fez você chegar a lugar algum, no sentido prático da palavra. Isso me angustia.

Tive uma conversa muito importante com uma pessoa que realmente me disse coisas bastante significativas, que por sinal não poupou e nem amaciou a realidade para mim, e de fato, foi o melhor, apesar dela não me assustar tanto. Foram palavras bem ditas, e que serão pensadas com muito cuidado e atenção .

A solução meia que imediata que consegui ter é: estude mais, faça outra coisa para ver se desperta algum interesse, volte a fazer seus cursos. Ou seja, estude muito.

A outra coisa seria o ramo da fotografia, que me desperta um interesse inicial muito grande, mas ainda é cedo, muito cedo alias para definir alguma coisa.

Não sei se haverão muitos textos daqui por diante, mas não fechará , simplesmente diminuirão. Comentei até aqui em um post que explica algo relacionado a isso, caso se interessem em saber é só lê (Planos para o futuro a curto prazo.).
O post ficou longo, mas é que precisava escrever isso, tentei resumir o maximo que pude, e é isso.

See ya

Nenhum comentário:

AddThis